Abandono do histórico Cosmódromo de Baikonur

bbur701

A União Soviética foi pioneira em algumas das mais notáveis experiências espaciais desde os anos 1960, mas muito da infra-estrutura que ajudou a constituir uma potência científica está hoje entregue ao abandono. O fotógrafo russo Ralph Mirebs registrou o estado de deterioração que domina o outrora imponente Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, que tem importância histórica como a primeira base de lançamento de foguetes do mundo, além de ter sido de lá lançados o satélite Sputnik I, a missão orbital de Yuri Gagarin e projetos como Soyuz e o Programa Buran.

No que sobrou do cosmódromo duas naves repousam diante da degradação e em meio a detritos. Também estão por lá equipamentos que já foram sofisticados aparatos de navegação tripulada e não tripulada em missões espaciais soviéticas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s