Archive for fevereiro \28\UTC 2011

h1

Documentário argentino sobre Lula

fevereiro 28, 2011
h1

Jornalista conta como um afro-americano conseguiu ser presidente dos EUA

fevereiro 22, 2011

O que significou a eleição de um presidente afro-americano para os Estados Unidos? Os norte-americanos realmente vivem em um país “pós-racial”? Por que é tão difícil para os americanos entenderem seu próprio presidente? E por que é tão fácil taxá-lo como um muçulmano secreto ou um estrangeiro fundamentalista? Quem, na verdade, é Barack Obama? Foi intrigado com algumas dessas perguntas que o jornalista e editor da revista New Yorker — além de prêmio pulitzer em 1994 – David Remnick resolveu esquadrinhar a vida de Obama para entender melhor quem é essa figura que quebrou tantos paradigmas na história dos EUA.

Em “A Ponte: vida e ascensão de Barack Obama”, Remnick dá continuidade à sua premiada trajetória como escritor. São dele também “Lenin’s Tomb: The Last Days of the Soviete Empire” (a tumba de Lênin: os últimos dias do Império Soviético) e “King of the World: Muhammad Ali and the Rise of an American Hero” (O Rei do Mundo: Muhammad Ali e a Ascenção do Herói Americano).

h1

Mapa do Oriente Médio

fevereiro 20, 2011

A pedidos, o mapa do oriente médio

Os seguinte países fazem parte do Oriente Médio: Arábia Saudita, Bahrein, Chipre, EgitoEmirados Árabes Unidos, Iêmen, IsraelIrãIraque, Jordânia, Kuwait, Líbano, Palestina, Omã,QatarSíriaTurquia.

Mapa do Oriente Médio

h1

Pequena Cronologia dos conflitos entre Israel e a Palestina.

fevereiro 20, 2011

Uma pequena Cronologia dos conflitos entre israelenses e palestinos.

Maio de 1948: É formado o estado de Israel. Pelos menos 700 mil palestinos fogem ou são expulsos de suas casas.

1956: Israel invade a Faixa de Gaza e o Sinai.

1967: Israel ocupa a Cisjordânia, o leste de Jerusalém e as Colinas de Golã na Guerra dos Seis Dias.

1972: Palestinos matam 11 israelenses nas Olimpíadas de Munique.

1973:Começa a guerra do Yom Kippur. Israel repele os exércitos de Egito e Síria.

1979: O presidente do Egito, Anwar Sadat, se reúne com o primeiro-ministro de Israel, Menahem Begin, e o presidente americano, Jimmy Carter, na Casa Branca. É assinado o primeiro acordo.

1982: Israel devolve o Sinai ao Egito e invade o Líbano. Centenas de civis são massacrados nos campos de Sabra e Shatila em Beirute por milícias cristãs libanesas.

1987: Começa a primeira Intifada, levante palestino em territórios ocupados. Cerca de 400 israelenses e 1.500 palestinos morrem em 6 anos.

1988: A Organização para Libertação da Palestina, sob comando de Yasser Arafat, propõe criar um Estado palestino em paz com Israel.

1993: O primeiro-ministro israelense, Yitzhak Rabin, e Arafat apertam as mãos nos Acordos de Oslo, que limitaram a autonomia palestina.

1994: Israel assina um tratado de paz com a Jordânia.

2000: Fracassam negociações para devolução das Colinas de Golã. Israel sai do sul do Líbano. A reunião de Camp David com Arafat e Ehud Barack fracassa. Começa a segunda intifada.

2004: Arafat morre e Mahmud Abbas, da Fatah, assume a presidência da Autoridade Palestina.

2005: Israel retira suas tropas e colonos de Gaza.

2006: O Hamas vence as eleições parlamentares. Começa a guerra no Líbano, depois que militantes do Hezbollah capturaram dois soldados israelenses. Israel contra-ataca. Em 34 dias de combates, 1.100 pessoas morrem no Líbano e 154 em Israel.

2007: O Hamas derrota os seguidores de Abbas numa semana de combates em Gaza.

2008: O Hamas aceita cessar-fogo com Israel em junho, e passam-se seis meses de relativa calma. Bloqueio israelense à Faixa de Gaza aumenta. Em dezembro, o Hamas lança foguetes sobre Israel.

 

h1

Protestos na Líbia

fevereiro 20, 2011

 

Seguindo o exemplo Egípcio, a Líbia entra em uma série de protestos contra seu atual governo. Pode chegar a 200 o número de mortos no levante popular contra o regime de Muammar Kadafi, que governa a Líbia há 41 anos, segundo fontes médicas ouvidas pela agência Associated Press neste domingo. O número diverge muito pouco do registrado por ONGs de direitos humanos como a Human Rights Watch, que denunciou 173 mortes no país desde o início dos protestos contra o governo, na quarta-feira.  Segundo as fontes, o número inclui dezenas de pessoas mortas no sábado após as forças de segurança terem disparado com armas pesadas contra os manifestantes concentrados em Benghazi, a segunda maior cidade do país.

O embaixador brasileiro na Líbia, George Ney de Souza Fernandes, informou que todos os 123 brasileiros – funcionários da empresa Queiróz Galvão – Em Benghazi estão bem. Segundo ele, 40 brasileiros e parentes serão levados para Trípoli e de lá poderão retornar ao Brasil.

h1

Alguns Filmes para aprender história

fevereiro 19, 2011

Não é só por apostilas, cadernos, livros e aulas no cursinho que se pode basear a preparação para a prova de História no vestibular. Uma arma para conseguir um bom desempenho na disciplina pode estar na esquina da sua casa, em uma locadora de Dvds. Na hora de escolher o filme, é indispensável  a leitura da sinopse da obra, na contracapa do DVD, para ver se a história é mesmo baseada em fatos e situações reais ou trata-se apenas de uma ficção. Outra possibilidade é conferir a seção de documentários na locadora, que também pode oferecer bons vídeos para a fase de estudos.

– 1492 – A conquista do paraíso (Ridley Scott, 1992) Trata da expansão marítima europeia.

– A missão (Roland Joffé, 1986)
Mostra a presença dos jesuítas no continente americano e o conflito entre Portugal e Espanha.

– Tempos modernos (Charles Chaplin, 1936)
Retrata a vida nos Estados Unidos nos anos 1930, após a crise de 1929.

– Adeus, Lênin (Wolfgang Becker, 2003)
Aborda o fim do socialismo na Alemanha Oriental.

– Cabra cega (Toni Venturi, 2005)
Fala sobre a ditadura militar no Brasil.

– Círculo de fogo (Jean-Jacques Annaud, 2001)
Fala da Batalha de Stalingrado, na II Guerra Mundial.

– A queda (Oliver Hirschbiegel, 2004)
Relata o final da II Guerra Mundial.

Se estiverem interessados no download dos filmes, nos contatem.


 

h1

Grandes nomes da filosofia

fevereiro 18, 2011

O filósofo Paulo Ghiraldelli conversa sobre alguns dos principais nomes da Filosofia: