h1

Cientistas revelam a face de uma múmia de mais de 2 mil anos

agosto 22, 2016
O rosto da múmia Meritamun

O rosto da múmia Meritamun

Cientistas da Universidade de Melbourne, na Austrália, reconstituíram as feições de uma múmia egípcia de mais de 2 mil anos empregando novas técnicas que empregam tomografia computadorizada e impressão em 3D.

A múmia de uma mulher que morreu por volta dos 18 anos de idade recebeu dos pesquisadores o nome de Meritamun (“Amada por Amon”) e desde 1930 estava sob a guarda da universidade, tendo sido levada para a Austrália pelo antropólogo britânico Frederic Wood Jones, que descobriu o restos entre 1907 e 1908 durante uma campanha de escavações no sul do Egito.

Depois de tanto tempo Meritamun passou a ser estudada porque finalmente foi possível disponibilizar de técnicas que não arriscassem a integridade da múmia. Além de descobrirem sobre as feições da múmia, outros estudos pretendem descobrir a causa da morte de uma mulher ainda tão jovem. Os estudos servirão de base para o aprimoramento da formação em análise forense na universidade, que dispõe de uma coleção de restos mortais aguardando análises com a técnica empregada em Meritamun.

 

Anúncios

One comment

  1. […] via Cientistas revelam a face de uma múmia de mais de 2 mil anos — HistóriaBlog […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s