As tatuagens mais antigas do mundo

b0tlz5djuswoknw3q54n

O famoso Ötzi, o Homem de Gelo, descoberto em 1991 por turistas alemães em Ötzal, nos Alpes entre a Áustria e a Itália, é uma múmia natural de um homem que viveu por volta de 5.300 anos atrás. Conforme os registros disponíveis, a múmia congelada de Ötzi traz os mais antigos registros de tatuagens conhecidos, sendo 61 identificadas em seu corpo.

Fotos e análises de imagens eletrônicas processadas por meio de softwares especiais permitiram a identificação das tatuagens que não puderam ser identificadas a olho nu.

nbmxodwtg2zrsiwnx6vx

Os pesquisadores especulam sobre hipóteses que expliquem as várias tatuagens de Ötzi. Inicialmente suspeitavam de que procedimentos médicos e terapéuticos poderiam explicar as marcas, pois a maioria delas estavam em áreas sobre ou próximas de articulações, mas a identificação de tatuagens também nas costas levantou outras possibilidades. Agora discute-se que as tatuagens pré-históricas poderiam então ter outras finalidades, inclusive religiosas.

O método para realização das tatuagens encontradas no Homem de Gelo foi o emprego de cortes sobre os quais carvões foram esfregados.

ws9xnqbz8divrnfercmi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s