A antiga cidade de Petra também poderia ter finalidade astronômica

662786306069990689

O fantástico templo na antiga cidade de Petra, na Jordânia, também servia como relógio astronômico. Segundo o astrofísico Juan Antonio Belmonte (Canaries Astrophysical Institute), monumentos como este eram “laboratórios” nos quais costumavam ser representadas as percepções astronômicas da cultura dos nabateus (povos semitas que construíram Petra).

A posição das portas e do próprio do templo permitem a entrada de luz solar em condições bastante particulares no solstício de inverno e nesta condição específica a projeção da luz no interior do prédio acaba realizando efeitos que tinham também significado religioso para os nabateus, como a ocorrência de feixes de luz alinhados e a incidência de posicionamentos singulares de sombras de estátuas divinas dispostas em locais estratégicos para esta finalidade.

Saiba mais: http://www.space.com/25318-ancient-petra-monastery-tracks-sun.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s