Rebeliões populares tomam conta de países árabes

Exibido na GloboNews

O programa trata das rebeliões populares que tomaram conta do Egito, Tunísia e outros países árabes, em mobilizações contra regimes autoritários há séculos no poder.

Manifestações chacoalharam antigos parceiros do Egito. Na dúvida entre dar apoio aos manifestantes e criticar o governo egípcio ou vice-versa, os Estados Unidos fizeram os dois. E voltaram atrás. Os americanos colocaram um pé atrás antes de apoiar um movimento que não podem determinar o fim. Jorge Pontual discute a estabilidade da região com o escritor Moustapha Bayoumi, americano de origem egípcia.

Para o vizinho Israel, a imagem de um Egito em ebulição é assustadora. O país, densamente povoado, é a única nação árabe, além da Jordânia, com quem os israelenses mantêm um acordo de paz. Diretamente do Cairo, Ari Peixoto analisa os rumos da rebelião e, em Londres, Sílio Boccanera conversa com Fawaz Gerges, professor de política no Oriente Médio da London School of Economics, sobre o futuro do governo egípcio.

No Rio de Janeiro, Tonico Ferreira desvenda os interesses da Irmandade Muçulmana, movimento religioso que inspirou o Hamas e que está à frente da oposição no Egito. Ele entrevista Murilo Meihy, doutorando da PUC, que estuda o nacionalismo árabe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s